Nigéria: Ataque armado a igreja e mercado provoca dez mortos


– A Fundação Ajuda a Igreja que Sofre (AIS) denunciou hoje mais um episódio de violência contra cristãos na Nigéria, resultante de um ataque armado a uma igreja e um mercado no nordeste do país.

Numa nota publicada através da internet, organismo católico dependente da Santa Sé diz que “10 pessoas morreram” e “pelo menos uma dezena” ficaram feridas na região de Nijland, depois de terem sido alvejadas por elementos que permanecem ainda por identificar.

De acordo com a AIS, os pormenores são escassos, mas de acordo com “um porta-voz da polícia local”, o caso ocorreu este domingo numa região que se tornou refúgio para militantes ligados à seita islâmica Boko Haram”.

O ataque aconteceu “apenas horas depois de gravíssimos confrontos entre muçulmanos e cristãos, no centro do país, em Wukari, que causaram cerca de quatro dezenas de mortos”, adianta a mesma fonte.

Só no último ano, mais de 600 cristãos perderam a vida devido a ataques levados a cabo por grupos ligados à maioria muçulmana na Nigéria, como o “Boko Haram”, força armada cujo nome significa “a educação ocidental é pecaminosa” e que pretende a implementação da lei islâmica, a sharia, naquele território africano.

Fonte:

Agência Ecclesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário