Venâncio Fortunato compositor de hinos latino


 Venâncio Fortunato ou Venantius Honorius Clementianus Fortunatus (c. 530-c. 600/609) foi um poeta e compositor de hinos latino, e bispo da Igreja Católica Romana.

Venâncio Fortunato nasceu no norte da Itália em algum lugar entre Valdobbiadene, Ceneda, e Treviso. Ele cresceu durante a reconquista Bizantina da Itália e foi educado em Ravenna. Seus trabalhos posteriores mostram familiaridade não apenas com poetas clássicos como Virgílio, Horácio, Ovídio, Públio Estácio, e Martial, mas também com poetas cristãos, incluindo Arator, Claudiano, e Sedulius.

Fortunato eventualmente migrou pela Alemanha até a Gália em meados de 560, provavelmente com intenções específicas de se tornar poeta na corte Merovíngia. Após circunstâncias políticas que impediram sua carreira na corte, Fortunato recebeu patrocínio de várias figuras religiosas, incluindo São Gregório de Tours. Tornou-se bispo de Poitiers pouco depois do ano 600.

Ele é mais conhecido por dois poemas que tornaram-se parte da liturgia da Igreja Católica Romana, o Pange Lingua Gloriosi Proelium Certaminis ("Canta, ó língua, da gloriosa luta"), um hino que posteriormente inspirou Pange Lingua Gloriosi Corporis Mysterium de São Thomas Aquinas's. Ele também escreveu Vexilla Regis prodeunt ("As bandeiras do Rei estão erguidas"), que é uma canção cantada nas vésperas da Semana Santa. Ao todo, pelo que se tem registro, Venantius Fortunatus escreveu onze livros de poesia em Latim em diversos grupos de gênero incluindo epitáfios, panegíricos, consolações e poemas religiosos. Suas obras são importantes no desenvolvimento da literatura latina, em grande parte por escrever numa época em que a prosódia latina afastava-se do verso quantitativo do latim clássico em direção a métrica do latim medieval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário