Titvs Flavivs Domitianvs ( Tito Flávio Domiciano Augusto)



Nascido em Roma, considerado o último imperador da Dinastia Flávia e cuja política centralizadora e a atitude tirânica, semeou o terror entre os habitantes de Roma, e tornaram seu governo extremamente impopular. Segundo filho de Tito Flávio Vespasiano, e sucessor do irmão mais velho Tito Flávio Vespasiano, o filho, limitou os poderes do Senado, irritando ainda mais os senadores ao acumular os títulos de cônsul (82-88) e de censor perpétuo (85-96). Porém ainda internamente reorganizou a administração do império e designou membros da nobreza rural para importantes cargos públicos e, para financiar os gastos do exército e a construção de grandes obras, aumentou os impostos e promoveu confiscos de bens da aristocracia.. No campo militar obteve grandes vitórias como a conquista da Grã-Bretanha. Construiu uma fronteira fortificada ao longo do Danúbio e firmou uma paz vantajosa com os dácios. Negativamente desenvolveu a repressão política e as perseguições contra Cristãos e Judeus que aterrorizaram toda a população. Morreu assassinado (96), vítima de uma conspiração palaciana da qual aparentemente participou sua própria mulher, Domitia Longina. Longina era filha de Córbulo, e foi forçada a se divorciar de Aelius Lamia para se casar com o imperador, com quem teve apenas um filho (73), que não sobreviveu.

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/TitusDom.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário