Liturgia da tempo do Advento


Como se estrutura o Tempo do Advento
O tempo do Advento não tem um número fixo de dias e depende sempre da solenidade do Natal. Ele começa na tarde (1ª Vésperas) do primeiro domingo após a Solenidade de Cristo Rei e se desenvolve até o momento anterior à tarde (1ª Vésperas) do Natal. Ele possui quatro semanas e, por isso, quatro domingos celebrativos. O terceiro domingo do Advento é chamado de domingo da alegria (gaudete, em latim) por causa da antífona de entrada da missa (Alegrai-vos sempre no Senhor), mostrando a alegria da proximidade da celebração do Natal. O tempo do Advento se divide em duas partes. A primeira, que vai até o dia 16 de dezembro, é marcada pela espera alegre da segunda vinda de Jesus. A segunda, os dias que antecedem o Natal, se destaca pela recordação sobre o nascimento de Jesus em Belém.
 As figuras Bíblicas principais do Advento
Dois personagens bíblicos ganham destaque na celebração do Advento: Maria e João Batista. Ela porque foi escolhida por Deus para ser a mãe do Salvador, e ele porque foi vocacionado a ser o precursor do Messias. Ela se torna modelo do coração que sabe acolher a Palavra e gerar Jesus. Ele se torna modelo de uma vida que sabe esperar nas promessas de Deus e agir anunciando e preparando a chegada da salvação. Em ambos se manifesta a realização da esperança messiânica judaica e o anúncio da plenitude dos tempos.

Cor rosa

Pode-se usar: No terceiro Domingo do Advento (chamado "Gaudete") e no quarto Domingo da Quaresma chamado "Laetare"). Esses dois domingos são classificados, na liturgia, de "domingos da alegria", por causa do tom jubiloso de seus textos.

Leitura dos Domingos


ADVENTO

1º domingo

Ano A: Isaías 2,1-5; Salmo 122; Romanos 13,11-14; Mateus 24,37-44.
Ano B: Isaías 63,16-17; 64,1.3.8; Salmo 80; 1 Coríntios 1,3-9; Marcos 13,33-37.
Ano C: Jeremias 33,14-16; Salmo 25; 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36.

2º domingo

Ano A: Isaías 11,1-10; Salmo 72; Romanos 15,4-9; Mateus 3,1-12.
Ano B: Isaías 40,1-5.9-11; Salmo 85; 2 Pedro 3,8-14; Marcos 1,1-8.
Ano C: Baruc 5,1-9; Salmo 126; Filipenses 1,4-6.8-11; Lc 3,1-6.



3º domingo

Ano A: Isaías 35,1-6a.10; Salmo 146; Tiago 5,7-10; Mateus 11,2-11.
Ano B: Isaías 61,1-2a.10-11; Salmo (Lucas 1,46-54); 1 Tessalonicenses 5,16-24; João 1,6-8.19-28.
Ano C: Sofonias 3,14-18a; Salmo (Isaías 12,2-6); Filipenses 4,4-7; Lucas 3,10-18.

4º domingo

Ano A: Isaías 7,10-14; Salmo 24; Romanos 1,1-7; Mateus 1,18-24.
Ano B: 2 Samuel 7,1-16; Salmo 89; Romanos 16,25-27; Lucas 1,26-38.
Ano C: Miquéias 5,1-4a; Salmo 80; Hebreus 10,5-10; Lucas 1,39-45

Semana do Advento

1ª semana do Advento

2ª feira: Isaías 2,1-5; Salmo 122; Mateus 8,5-11;
3ª feira: Isaías 11,1-9; Salmo 72; Lucas 10,21-24;
4ª feira: Isaías 25,6-l0a; Salmo 23; Mateus 15,29-37;
5ª feira: Isaías 26,1-6; Salmo 118; Mateus 7,21.24-27;
6ª feira: Isaías 29,17-24; Salmo 27; Mateus 9,27-31;
Sábado: Isaías 30,19-21.23-26; Salmo 147; Mateus 9,35-10,1.5-8.

2ª semana do Advento

2ª feira: Isaías 35,1-10; Salmo 85; Lucas 5,17-26;
3ª feira: Isaías 40,1-11; Salmo 96; Mateus 18, 12-14;
4ª feira: Isaías 40,25-31; Salmo 103; Mateus 11,28-30;
5ª feira: Isaías 41,13-20; Salmo 145; Mateus 11,11-15;
6ª feira: Isaías 48,17-19; Salmo 1; Mateus 11,16-19;
Sábado: Eclesiástico 48,1-4.9-11; Salmo 80; Mateus 17,10-13.

3ª semana do Advento

2ª feira: Números 24,2-7.15-17a; Salmo 25; Mateus 21,23-27;
3ª feira: Sofonias 3,1-2.9-13; Salmo 34; Mateus 21,28-32;
4ª feira: Isaías 45,6-8.18-25; Salmo 85; Lucas 7,19-23;
5ª feira: Isaías 54,1-10; Salmo 30; Lucas 7,24-30;
6ª feira: Isaías 56,1-3a.6-8; Salmo 67; João 5,33-36.





Música:


O tempo do Advento é o momento da escuta da Palavra, tempo de vigilância atenta, de feliz expectativa pela vinda do Senhor. É momento de iluminar os corações, apagar o egoísmo, plantar a esperança e cantando, suplicar: “Vem, Senhor Jesus”! Além dos símbolos, gestos e personagens bíblicos deste tempo (os profetas, a Palavra, a Coroa do Advento, a Novena do Natal, celebrações da reconciliação, gestos concretos de ação solidária), os cantos e as músicas, inspirados nos textos bíblicos que falam do “Emanuel, o Deus-Conosco”, devem expressar alegria e esperança na vinda do Senhor, mostrar caminhos para o amor, na certeza da salvação que está chegando e de que a felicidade e o amor se encontrarão. Neste tempo do Advento, é bom que os instrumentos sejam mais suaves e discretos, por isso, não se canta o Hino de Louvor (o “Glória”) preparando-se para este solene canto que os anjos entoaram na noite de Natal.

http://www.a12.com/formacao/detalhes/cantando-a-liturgia-do-advento-e-do-natal



Nenhum comentário:

Postar um comentário