Marcvs Opellivs Macrinvs, Marco Opélio Macrino (166 - 218)



Nascido em Cesaréia, na Muritânia, que foi agente financeiro do poderoso prefeito pretoriano Caio Fúlvio Plautiano e, mais tarde, sob Caracalla (188-217), foi prefeito pretoriano. Arquiteto da morte de Caracalla, proclamou-se imperador após o assassinato do Imperador quando ambos estavam no Oriente, durante a campanha contra os partos. Foi o primeiro imperador que chegou a dirigir o império sem ter sido senador. Adotou o nome de Cesar Marcus Opelius Severus Macrinus Augustus e indicou seu filho, Marco Opélio Antonino Diadumeniano, para o cargo de césar (217) e depois augusto. Suas nomeações ilícitas provocaram hostilidade do Senado. Depois da batalha de Nisibis, onde não houve vencedor nem vencido, assinou um acordo de paz considerado vergonhoso  para as armas romanas. Após esta negociação desastrosa contra os partos, perdeu o apoio das legiões sírias. Tentou retornar a Roma, mas as tropas rebelaram-se na Síria, foi capturado e Heliogábalo (203-222) proclamado novo imperador. Derrotado e capturado, em função de sua incompetência militar e administrativa, foi executado assim como seu filho Diadumeniano (218) pelas tropas rebeldes.

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/IRMacrin.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário