Pelágio, Pelagianismo x Santo Agostinho. Liberdade x Graça.

I. INTRODUÇÃO

No presente artigo, nosso objetivo maior foi tecer considerações acerca de Pelágio,
Pelagianismo e a controvérsia com Santo Agostinho.
Consideramos necessário, para melhor compreensão das nossas questões propriamente
dita, dividirmos o trabalho da seguinte maneira:
1. Contexto Histórico
2. Dados sobre Pelágio
3. Pelagianismo
4. Controvérsia entre Pelágio (Pelagianos) e Santo Agostinho
É preciso levar em conta, no presente trabalho, nossa limitação – acesso direto aos
escritos de Pelágio. Evidentemente que a limitação não desqualifica o trabalho. Muito pelo
contrário, a limitação é quase um desafio de superar no entendimento, na reflexão e na
análise, não só do sistema pelagiano – heresia do Ocidente, século V – mas também de um
dos mais ricos e belos representantes do pensamento cristão, Santo Agostinho.
Necessário se faz lembrar: nosso trabalho não traz dados (vida, obra, etc.) sobre Santo
Agostinho. Sobre Santo Agostinho já existem muitos estudos, comentários. Ao contrário, sobre Pelágio não existe quase nada em Português, por isso, julgamos, na medida do possível,
oportuno arrolarmos alguns dados sobre Pelágio. Leia o artigo completo

Fonte:

Amarildo Fernando de Almeida
Professor de Filosofia e Cultura Religiosa – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais / Serro e
Guanhães


Nenhum comentário:

Postar um comentário